Etiquetas

, , , ,

Sim, o ideal seria que não tivesses apanho sol em excesso mas o mal agora está feito e é importante ter cuidados adequados para não agravar a situação.

queimadura solar e agora

A queimadura solar pode aparecer entre1-6 horas após a exposição solar e pode agravar ao longo de 24 horas. Em casos extremos pode levar mesmo à insulação (reacção inflamatória séria com febre associada).

A queimadura solar mais frequente é a de 1º grau (pele vermelha, quente ao toque e poderá estar edemaciada). Além dos sintomas de queimadura de 1º grau caso surjam flictenas (bolhas) já estamos perante uma queimadura de 2º grau. Regra geral as queimaduras de 2º grau são acompanhadas de dor intensa e requerem observação por um profissional de saúde.

queimaduras solares

Assim que se apercebem que a pele começa a apresentar sinais de queimadura solar é fundamental terminar com a exposição solar. Sair do sol, aplicar protector solar e cobrir a pele.

Têm que compreender que o processo de queimadura continua nas camadas inferiores da pele mesmo após deixar-mos de estar expostos ao sol pelo que é necessário arrefece-la e parar este processo. Tomar banhos de água tépida se tolerarem ou então aplicar panos com água corrente durante 10 minutos com intervalos de 20 até não apresentarem mais a sensação de calor.

Após arrefecer a pele está na hora de a hidratar em abundância! De preferência escolher cremes hidratantes neutros, sem perfumes ou fragrâncias. Preferir loções com: ureia, ceramidas, pantenol, aloé-vera, calêndula, lavanda…

Os óleos não são de todo o mais indicado nesta fase pois eles criam uma película tipo “barreira” na pele que impede a perda de água mas por outro lado não permite a hidratação.

Então manteiga, pastas dos dentes, álcool  e outras coisas ridiculamente populares também não.

protetor solar

Sob o ponto de vista natural um dos produtos que mais gosto é o gel de aloé-vera puro pela sua acção calmante, hidratante e cicatrizante. Depois temos a flor de calêndula da qual se pode fazer um macerado, óleo essencial de lavanda e camomila alemã também com o efeito calmante, anti-inflamatório e cicatrizante e ainda o óleo essencial de menta pela sensação de frescura que provoca.

Pessoalmente faço uma mistura de tratamento “tradicional” com os produtos naturais.

Faço uma mistura de gel de aloé vera pura com óleo essencial de lavanda (10% de o.e.) e depois de bem “besuntada” em aloé vera e umas horas depois aplico Biafine®, caso não tenha em casa aplico o Bepanthene®. Re-aplico sempre que a pele absorve o produto.

Um “truque” que utilizo sempre, é colocar a minha loção hidratante no frigorífico por forma a ter uma sensação de frescura e alívio quando aplico na pele!

Ajuda também fazer um reforço hídrico aumentando assim a ingestão de água, chás, sumos de frutas e algumas bebidas isotónicas para evitar de desidratação, adoro água de coco…

Anúncios