Para perceber este post é importante ler o Post sobre SPF e Raios UVA e UVB.

A escolha do valor de SPF deve ter em consideração o fototipo de cada pele e basicamente quanto mais clara é a pele maior deve ser o SPF tendo em conta que o valor mínimo recomendado é de 15.

Os melhores protetores solares protegem tanto dos raios UVA e UVB e desta forma devem conter compostos que absorve a luz ultravioleta e compostos de material opaco que refletem a luz, ou seja contêm compostos bloqueadores químicos e físicos.

Como legislação europeia ainda não é muito exigente ao controlo destes produtos e sobre a descrição de rótulo, nada como sabermos o que procurar na lista de ingredientes. Como compostos físicos os mais comuns são o dióxido de titânio e o óxido de zinco e dos compostos químicos o mais comum é o oxibenzeno.

Estudos mais recentes indicam que a melhor forma de tirar o máximo potencial do protetor solar é aplicar 15-30 min antes da exposição solar, seguida de uma reaplicação 15-30 min após a exposição solar. As reaplicações após este procedimento só devem ser feitas depois de actividades com natação ou se a pessoa transpirar.

Anúncios