BB Cream quer dizer Blemish Balm Cream ou seja creme e bálsamo para imperfeições.

Foi inicialmente desenvolvido na Alemanha por volta da década de 50-80, especificamente por dermatologistas que o indicavam após a realização de tratamentos dérmicos faciais agressivos (como por exemplo o peeling) nos quais a pele descama, arde, fica irritada e muito sensível especialmente aos raios solares. Desta forma o bálsamo era uma mistura de ingredientes que auxiliavam a cicatrização, diminuíam a irritação, continham proteção solar e escondiam as imperfeições temporárias provocadas pelos tratamentos.

Na realidade estes BB cream ficam famosos uns anos mais tarde nos países asiáticosem que foram criadas várias versões para diferentes tipos de pele e objectivos. Só mais recentemente é que esta febre chegou ao restante mundo…

Neste último ano são várias as marcas que já lançaram os seus BB Cream, caro ou barato, é só escolher, as ofertas são diversas e com tendência a aumentar por isso é só escolher um que vá de encontro às nossas necessidades de pele (seca, mista ou oleosa).

(BB Cream da SkinFood Radiant Skin, Triple Solution BB Cream da Lioel, Garnier BB Cream, Prep+Prime BB Cream da MAC, DayWear BB da Estée Lauder)

Regra geral são de uma cobertura leve, na maioria semelhante a um creme com cor (logo só cobre pequenas imperfeições), têm um elevado valor de proteção solar (UVA e UVB) e contêm propriedades boas para a nossa pele (vitaminas, óleos e ácidos). Logo eles hidratam, tratam, protegem e cobrem imperfeições, não soa a maravilhoso? Tudo num só produto!

A grande diferença entre um Creme Hidratante com Cor e o BB Cream está nos benefícios dermatológicos e no SPF.

Os contras são na sua maioria a baixa cobertura do BB Cream e as poucas cores disponíveis nas diversas gamas que deixam os extremos de fora, as branquelas tipo eu e as mais chocolatinho…

Concluindo, os BB Cream vieram para ficar e sem dúvida que revolucionaram a cosmética é uma questão de experimentar e encontrar o que se adapta melhor a nós!

Advertisements