Etiquetas

Hoje ia escrever um Post sobre protetores solares mas como é um assunto um pouco complexo e que a maioria das pessoas não percebe nada… decidi fazer uma espécie de “séries” a falar dos vários componetes dos protetores solares para depois compilar esta informação de forma a que todos percebam o porquê determinadas escolhas…

Hoje como já devem ter reparado, vou falar de radiação UVA e UVB.

A radiação UV (ultra-violeta) atinge a Terra com os raios solares e divide-se em radiação UVA e UVB. Os raios UV penetram profundamente na pele e desencadeiam reações imediatas como é o caso das alergias ao sol e as queimaduras solares, mas também desencadeiam reações mais tardias (pelo efeito acumulativo) devido às mutações genéticas e desta forma provocam envelhecimento prematura das estruturas da pele, manchas de pigmentação e cancro de pele.

A radiação UVA penetra profundamente na pele e é a principal responsável pelo fotoenvelhcimento e alergias ao sol. Ao longo do ano esta é quase constante e desta forma é tão agressiva no verão como no inverno. Ao longo do dia a sua intensidade também tem pouca variação mas o seu pico é entre as 10 e as 16h.

A radiação UVB penetra a pele de uma forma mais superficial mas é a grande responsável pelas queimaduras solares. A sua intensidade aumenta muito durante o verão e em particular entre as 10 e as 16h.

Tanto os Raios UVA como UVB aumentão a probabilidade de cancro de pele.

Anúncios