Etiquetas

Um dos meus interesses na cosmética são sem dúvida os tratamentos “naturais” e como enfermeira também fui várias vezes confrontada com perguntas de clientes sobre determinadas plantas, óleos e mesinhas, o que aguçou a curiosidade…

Já há algum tempo que investigo determinados produtos naturais e hoje vou falar de um dos mais debatidos internacionalmente e dos quais existem diversas bases e estudos científicos.

O Óleo Tea Tree, traduzindo Óleo de Árvore do Chá ou simplesmente Óleo de Melaleuca Alternifolia.

Este Óleo é extraído das folhas da planta do chá (cujo nome nos induz em erro) e esta é nativa da Austrália. Este óleo ficou conhecido no Ocidente após uma expedição à Austrália em que um botânico observou uma tribo que a utilizava como recurso medicinal.

O Óleo de Tea Trea é muitas vezes catalogado com um anti-séptico natural mas, as suas propriedades medicinais não ficam por aqui. Devo ressaltar as propriedades anti-bacterianas, bactericidas, anti-fúngicas, anti-virais, anti-inflamatórias, cicatrizantes, expectorantes, citofilático, estimulante, sudorífero, tonificante e fortalecedor do sistema imunitário que são muito fortes. A combinação destas características faz que este seja uma droga muito requisitada e utilizada nos tratamentos cutâneos (desde cuidados de pele, cabelos, unhas e muitos outros…). Ou seja, este óleo devido ao seu efeito anti-microbiano promove a cicatrização.

O seu uso mais recorrente relaciona-se com problemas de acne, picadas de insectos, dermatites, caspa, herpes, aftas, micoses, fungos, infecções vaginais, infecções respiratórias (resumindo, infecções e inflamações).

Os efeitos adversos descritos são: alergia no local de contacto ou sensibilidade ao óleo. Por este motivo, devemos 1º fazer um teste numa parte do corpo e só depois utilizá-lo em zonas de maior dimensão.

Eu optei por comprar um óleo de origem biológica e 100% Óleo de Tea Tree (para mim o mais importante e difícil de encontrar). É um típico óleo, viscoso, de cor amarelada e com um cheiro muito característico, intenso e na minha opinião desagradável. A sensação que fica na pele é de frescura e um ligeiro ardor.

utilizei de 2 formas diferentes. Na diluía 3 a 4 gotas em 100ml de chá verde e utilizava esta solução no rosto (durante um ataque de borbulhas em quase toda a cara e pescoço). A forma de utilização é a que continuo a utilizar e é muito simples, coloco 1 ou 2 gotas num cotonete e aplico directamente nas espinhas e borbulhas. Não pensem sequer aproximar dos olhos, pois arde que se farta (é de experiência própria).

São muitos os produtos que dizer ser de Tea Tree e depois quando se lê a composição tem 5 ou 10% de óleo. Este frasco comprei-o numa loja de produtos organicos e naturais, tal como já disse é 100% Óleo de Tea Tree, contém 10ml, tem 12 meses de duração após ser aberto e custou 8,20€. Tal como já disse as utilizações são imensas…

Esqueçam os creminhos para as borbulhas e rendam-se ao Tea Tree.

Anúncios